Compartilhe Essa Notícia

Por meio de uma liminar, o ministro do Supremo Tribunal (STF) Federal Marco Aurélio Mello concedeu liberdade ao goleiro Bruno. O ex-jogador cumpria pena na Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac), em Minas Gerais, por envolvimento na morte de Eliza Samudio.
O ex-goleiro do Flamengo foi condenado a 22 anos e três meses de prisão por envolvimento no crime, ocorrido em 2010. O corpo de Eliza nunca foi encontrado.
O pedido de liminar, inicialmente analisado por Teori Zavascki – morto em um acidente aéreo em janeiro – foi redistribuído ao ministro Marco Aurélio Mello.
Na decisão, assinada na última terça-feira (21), Mello alega que Bruno tem direito a responder em liberdade enquanto aguarda o recursos contra a condenação.
Fonte Clicrbs

Compartilhe Essa Notícia

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.

To use BrandCaptcha you must get an API Key