Compartilhe Essa Notícia

Alguns serviços públicos já começam a sofrer os efeitos de mais um parcelamento de salários do funcionalismo por parte do governo do Estado. Nesta quinta-feira, foi depositada a primeira parcela dos salários de agosto, no valor de R$ 350, na conta dos servidores.  Policiais civis, agentes penitenciários e professores estão entre as categorias que passarão a paralisar algumas atividades.  Com toda essa criminalidade, o governo trata mal a segurança pública. E é de forma geral, com todo o serviço público – protesta Pablo Mesquita, da direção da Ugeirm, sindicato que reúne escrivães, inspetores e investigadores da Polícia Civil.Nesta quinta-feira, segundo ele, foram canceladas várias operações policiais no Estado e as delegacias passaram a atender só casos graves, como violência contra mulheres e crianças, e homicídios. Fonte Diário de Santa Maria 

Compartilhe Essa Notícia

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.

To use BrandCaptcha you must get an API Key