Prisão...

Saiba quando sacar seu FGTS

A Caixa anunciou o cronograma de liberação do Fundo de Garantia. O calendário começa em 13 de setembro e segue até 31 de março de 2020. Para quem tem conta poupança na Caixa, o cronograma é o seguinte: nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril poderão retirar a partir de 13 de setembro. Nascidos em maio, junho, julho e agosto vão ter direito a sacar o dinheiro de 27 de setembro em diante. Já quem nasceu em setembro, outubro, novembro e dezembro poderá retirar os 500 por conta do FGTS a partir de 9 de outubro. O dinheiro será transferido automaticamente e aqueles que preferirem não retirar terão de avisar a Caixa.
Não correntistas
Para quem não tem conta poupança na Caixa, o cronograma muda. Quem nasceu em janeiro recebe a partir de 18 de outubro. Fevereiro – 25/10; março – 08/11; abril – 22/11; maio – 06/12; junho – 18/12; julho – 10/01/2020; agosto – 17/01; setembro – 24/01; outubro – 07/02; novembro – 14/02; dezembro – 06/03. O governo estima que os saques do FGTS irão injetar 30 bilhões na economia neste ano e contemplar 96 milhões de trabalhadores.
Em abril do ano que vem entrará em vigor o saque-aniversário, que poderá liberar resgates maiores, dependendo do saldo de cada um. O trabalhador poderá sacar um percentual específico do seu FGTS todo ano, e a adesão será opcional. Outra opção é o cotista permanecer no sistema atual, chamado saque-rescisão, mantendo as mesmas regras vigentes hoje.

Saque-aniversário
Em abril do ano que vem entrará em vigor o saque-aniversário, que poderá liberar resgates maiores, dependendo do saldo de cada um. O trabalhador poderá sacar um percentual específico do seu FGTS todo ano, e a adesão será opcional. Outra opção é o cotista permanecer no sistema atual, chamado saque-rescisão, mantendo as mesmas regras vigentes hoje.
Fonte Site da  Caixa 

Comentários