Mercosul aprova norma que eleva limite de isenção para compras no Exterior
Compartilhe Essa Notícia

Uma das normas aprovadas na 55ª Cúpula do Mercosul, em Bento Gonçalves, eleva o limite de isenção de taxas para compras internacionais. A medida prevê dobrar o teto de US$ 500 para US$ 1 mil em bens adquiridos no Exterior sem o pagamento de impostos. A resolução vale tanto para viagens aéreas quanto para marítimas.

Após o encerramento da cúpula, diplomatas do governo Jair Bolsonaro comentaram a norma. Segundo eles, para entrar em vigor, a medida deve ser aprovada por  órgãos reguladores de cada país do Mercosul — no caso do Brasil, a Receita Federal. Ou seja,  não é algo momentâneo. 

Caso a medida passe a valer, qualquer pessoa que entrar no Brasil terá direito ao teto maior de isenção, independentemente do local em que as compras foram feitas.

Em discurso em Bento Gonçalves, o presidente Jair Bolsonaro não detalhou prazo para as novas regras entrarem em vigor. Afirmou apenas que se trata de “uma boa notícia para brasileiros que voltam de uma viagem ao Exterior”.
Fonte Gaúcha ZH


Compartilhe Essa Notícia

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.

To use BrandCaptcha you must get an API Key